Notícias de Jan Ullrich

O ex(?)-ciclista alemão Jan Ullrich acaba de divulgar que está curado da ‘síndrome de burnout’, mas não disse o que pretende fazer da vida. Ele está com 37 anos de idade, vai ter o seu terceiro filho e não vem fazendo nada de produtivo há uns 3 anos.

Um campeão...muito talento desperdiçado

Eu pesquisei sobre esta doença – de cunho psicológico – e descobri coisas interessantes, tais como:

  1. A pessoa sofre um grande drama profissional
  2. Tenta provar a si mesma sua competência

Quem acompanhou a carreira de Ullrich, enxergará muitos fatores que justificam este tipo de doença.

  • Ele foi um fenômeno quando jovem. Havia unanimidade que seria o “novo Eddy Merckx” – até eu achava! Venceu o Mundial de Amadores (antes deste chamar-se Sub-23) em 1993, com apenas 19 anos – curiosamente, neste mesmo ano um certo Lance Armstrong venceu a prova profissional! E com apenas 22, em 1996, foi segundo colocado no Tour de France, após trabalhar como um escravo para o vencedor Bjarne Riis. E no ano seguinte, aos 23 anos de idade, venceu seu primeiro (e único) Tour de France, com uma superioridade espantosa, tanto no contra-relógio como na montanha.
  • Mas dali para frente a sua carreira estacionou – pertinho do topo – como um ‘eterno segundo’, pois ele perdeu o lugar mais alto do pódium do Tour para Marco Pantani (’98) e para Lance Armstrong (2000, ’01 e ’03), além de ter sido 40. e 3o. colocado em 2004 e 2005 respectivamente.
  • Ullrich tornou-se caso de revistas de celebridades, por conta do volume de peso que acumulava nas férias de inverno, dos problemas com alcool, acidentes automobilísticos e até com drogas (ecstasy, anfetaminas).
  • Mais tarde o problema escalaria para drogas de alta performance, fato que acabou com sua carreira.

Portanto, o que era para ser uma carreira sem igual, acabou tornando-se apenas “muito boa” e cercada de problemas. Daí a minha aceitação para a doença psicológica dele – e que muitos não acreditam existir, por sinal…

Jan Ullrich era um rolador espetacular e escalava como poucos, mas…seu estilo ‘trancadão’ nas subidas não era páreo para Lance Armstrong (e até para Pantani), que girava muito mais as pernas (“souplesse” em francês). Tour após Tour a história era a mesma: na metade final da última montanha de cada etapa Armstrong acelerava fortemente, Ullrich não o acompanhava e o americano metia-lhe entre 1 e 2 minutos (por etapa) e assim vencia o Tour de France.

Mas além do Tour ’97 a carreira profissional do ciclista alemão teve belíssimas conquistas, tais como:

  • 7 vitórias de etapa do Tour de France – disparado o melhor alemão da história
  • Vuelta a España: 1999 (+ 2 etapas)
  • Campeão Olímpico de Estrada: 2000 (Medalha de Prata no Contra-relógio)
  • Campeão Mundial Contra-relógio: 2001
  • Tour de Suisse: em 2004 e 2006

Quem sabe não teremos Her Jan Ullrich no pelotão profissional em 2011, mesmo que seja para ‘encher o pelotão’? Classe e ‘biologia’ para ganhar umas provinhas ele tem!

Abraços, Fernando

About Fernando Blanco

Apaixonado por ciclismo há mais de 30 anos, começou a pedalar em 1977 em Santos, tendo corrido para valer até os 20 anos de idade, quando coisas 'banais' como faculdade, carreira executiva, casamentos e filhos atrapalharam um pouco...agora, como Senior B, está treinando forte e pretende compensar o tempo perdido. Como ciclista foi um bom sprinter, chegando à pré-convocação da Seleção Brasileiros de Juniores em 1979. Se a carreira como ciclista não foi grande coisa, a coleção de revistas locais e internacionais (mais de 1.000) e de videos/DVDs (mais de 100) proveram bastante cultura sobre o ciclismo profissional. Provas internacionais acompanhadas ao vivo: Mundial de Estrada ('07), Mundial de Pista ('89), Tour de France ('97 e '02), Liège-Bastogne-Liège e Flèche Wallone (ambas em '92), Paris-Nice ('97), Ronde van Belgie (´89).
This entry was posted in Biografias, Cultura Ciclística, Notícias - Brasil and tagged , , . Bookmark the permalink.

12 Responses to Notícias de Jan Ullrich

  1. FABIO GUZZI says:

    ERA IMPRESSIONANTE A SUPERIORIDADE DE LANCE NAS MONTANHAS EM CIMA DE ULRICH .
    FOI UM GRANDE CICLISTA ( PASSISTA ).
    TALVEZ TENHA NASCIDO EM EPOCA ERRADA , PORQUE NOS TEMPOS DE HOJE COM 20 E POUCOS ANOS SERIA IMBATIVEL .
    COMPETIR COM PANTANI E LANCE NO PELOTÃO É BARRA PESADA!!!

  2. Sou fã do Jan Ullrich, grande desportista e ser humano, só não foi maior porque pegou a grande fase do Lance Armstrong.
    Parabéns ao novo blog, são iniciativas iguais a tua que incentivam o nosso esporte, valeu Fernando.

  3. Sômulo N Mafra says:

    Tb sou fã do Ulrich.

    Vale lembrar que ele nunca conseguiu montar uma equipe à altura da US Postal. Em sua equipe, havia atletas com ambições individuais, como o sprinter Eric Zabel, por exemplo. Consequentemente, parte do time trabalhava para embalar Zabel.

    Nas equipes de Lance, TODOS (sem exceção) trabalhavam unicamente pro capitão da equipe, ou seja, o próprio Lance. Se eu não me engano (corrijam-me por favor), durante os 7 títulos de Lance, nenhum atleta de sua equipe além dele obteve vitórias em etapas individuais.

    Mérito do Lance, excelente estrategista.

    Abraço,
    Sômulo N Mafra

  4. Emilio Salum Filho says:

    Fernando, a sindrome de burnout é caracterizada por um esgotamento fisico e mental.é o ultimo estagio do estresse que ocorre em trabalhadores que lidam com muita pressao como executivos, aeroviarios e trabalhadores da saude, e nao uma doença psiquiátrica intrinseca, propria do individuo como , por exemplo, a esquizofrenia. Apesar de hoje ser mais comum em outras profissões, é raro acontecer em desportistas. De qualquer maneira não se pode colocar a culpa do uso de drogas, muito menos do uso de um provavel doping nesta doença. Ulrich, infelismente, não soube lidar com a pressão que teve.

    espero ter ajudado

    Abraços
    Emilio

    • Muito obrigado, Emilio! Entendo que a o burnout que ele sofreu teve tudo a ver com a pressão do “fator Armstrong”. O mundo e, principalmente, ele mesmo cobrando vitórias contra o americano…dureza!
      Abs, F.

  5. Pingback: O fascínio dos Jogos Olímpicos – Estrada | Ciclismo Brasil

  6. alex ernesaks says:

    Depois de Merckx, Indurain e Coppi
    JAN É O CARA !

    foi vítima de uma imprensa ávida por ‘capitães américa’ , no caso, o Dopestrong
    A história vai se revelando, e Grahamm Watson comentou, Jan foi um injustiçado, vejam o ‘pano que estão passando’ no Contador e vão entender.

    Jan Ullrich, the most gifted cyclist since Merckx , a Natural!

    • Torcedor é torcedor…só muda o esporte. hahahaha…este cometário poderá gerar um mundo de outros comentários, contrários e a favor. Até eu vou me meter a torcedor, apesas de ser o mediador: e o HINAULT, me diga que você esqueceu, pelamordedeus!!!! Jan teria que nascer de novo 5 vezes para chegar na lista de vitórias do Blaireau!!! Assinado: Fernando Blanco, torcedor haahaha

  7. anarkia99 says:

    conheci jan pessoalmente na alemanha.muito humilde e dedicado a familia.jan nao teve um estrategista como lance teve,o brunil. no inverno americano da p se treinar, no alemao meu caro fernando blanco,e humanamente impossivel.voce nem ciclista de merda indor deve ser.pesquise e vera que medicacoes p controlar o cancer ,aumentam a performace, foi liberado p lance merda armestrong.so por isso ele vencia nas montanhas.alem do que em 2000 quase tomou pau do pantani e sofreu p caramba nas montanhas.estive pessoalmente nesse tour.nao fale do que voce nao conhece meu caro.tente pegar um altografo do lance para ver o que voce vai ouvir.

  8. anarkia99 says:

    sr fernando ,como amigo pessoal de jan fico triste com comentarios como nacer 5 vezes etc. meu pai lembra do sr e me falou ao seu respeito me xingou e pede p que eu peca desculpas. nao devo colocar amizade pessoal com jan e me expressar dessa forma .estou indo p alemanha sabado proximo em uma competicao de ciclocros,jan estara la tambem.sou profissional de ciclocros.no brasil isso e distante ainda .jan esta competindo no cros p retomar a forca fisica ,ja que perdeu 18 kl.meu pai foi ciclista tem lenbrancas do sr pelo nome .peco desculpas pela falta de respeito.asss .brian fischer .

    • OK. Brian, sem problema. Tudo certo. Eu sempre torci para o Ullrich contra o Armstrong, com o qual nunca simpatizei. Com relação ao meu comentário sobre Ullrich x Hinault, foi uma brincadeira com um amigo. Mas o Hinault venceu muito mais que o Jan e isso não dá para negar, independente de amizade ou torcida. Quando eu era jovem torcia para Maertens x De Vlaeminck, mas é só olhar para a lista de vitória dos dois e fica claro que De Vlaeminck venceu muito mais que o meu ídolo. Jan foi um fantástico ciclista e é uma pena que não tenha conseguido vencer tudo aquilo que poderia ter vencido.

  9. anarkia99 says:

    pior que e.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s