2011

Caros,

Ofereço uma reflexão à luz dos tempos malucos, de tanta pressão, que todos vivemos – sempre utilizando o nosso amado ciclismo como ilustração, naturalmente.

Será que é só comigo, ou a estrada da vida parece estar cada vez mais dura, longa e inclinada. E as retas, sempre com vento contra, não?!

A verdade é que, quase sempre, nós temos o poder de desenhar a nossa trajetória. Imagine a região da Provence, no sul da França, terra de ciclismo de muita qualidade! Você pode escolher se segue para o lendário e dantesco Mont Ventoux ou para a praiana avenida Promenade des Anglais, em Nice. 

O Mont Ventoux é para escaladores capazes de sofrer com o calor e o vento infernais típicos daquela montanha. Lá se decidiram muitos Tour de France na história. Já a Promenade des Anglais, onde sempre se conclui a Paris-Nice, é ambiente para sprinters. 

A Provence é uma só, mas nos oferece destinos diversos. E apesar de cada destino ter sua beleza e seu desafio, nem sempre (ou quase nunca) estamos adpatados para todos os desafios. E na hora da escolha, muitas vezes deixamos que pessoas erradas tomem por nós decisões erradas…

E mesmo quando escolhemos o terreno corretamente – por exemplo, optamos pela escalada – é fundamental termos noção das nossas limitações. Respeitar o nosso rítmo e não aceitar o rítmo que querem nos impôr é fundamental para seguirmos mais longe.

Nem todo mundo nasceu para chegar no alto do Tourmalet, com seus 17 ou 19 km, dependendo do lado que ele é escalado. Mas no meio da escalada para o Tourmalet tem o maravilhoso ski resort de La Mongie e foi lá que Lance Armstrong venceu no Tour 2002 e Basso em 2004. Será que escalar até La Mongie não seria bom suficiente? Ou precisamos forçar a barra e se arrebentar, só porque nos convenceram que o Tourmalet é que é legal?

O Tourmalet é o máximo...mas La Mongie é bom demais também!

E mais: se não der para subir de uma vez, que subamos parando ou em zigue-zague. O que vale é atingir o SEU objetivo e da forma possível. Esta crônica é muito menos direcionada para o nosso dia no pedal, mas para as ‘escaladas’ que nos são impostas no trabalho, na vida social e até, muitas vezes, na vida familiar.

Cada um saberá utilizar estes conceitos da melhor forma.

Que em 2011 possamos, todos, atingir os nossos novos objetivos de forma saudável e sustentável.

Bons sprints + boas escaladas em 2011!

Abraços + sucesso!

Fernando

About Fernando Blanco

Apaixonado por ciclismo há mais de 30 anos, começou a pedalar em 1977 em Santos, tendo corrido para valer até os 20 anos de idade, quando coisas 'banais' como faculdade, carreira executiva, casamentos e filhos atrapalharam um pouco...agora, como Senior B, está treinando forte e pretende compensar o tempo perdido. Como ciclista foi um bom sprinter, chegando à pré-convocação da Seleção Brasileiros de Juniores em 1979. Se a carreira como ciclista não foi grande coisa, a coleção de revistas locais e internacionais (mais de 1.000) e de videos/DVDs (mais de 100) proveram bastante cultura sobre o ciclismo profissional. Provas internacionais acompanhadas ao vivo: Mundial de Estrada ('07), Mundial de Pista ('89), Tour de France ('97 e '02), Liège-Bastogne-Liège e Flèche Wallone (ambas em '92), Paris-Nice ('97), Ronde van Belgie (´89).
This entry was posted in Uncategorized and tagged , , . Bookmark the permalink.

3 Responses to 2011

  1. Rogério Yokoyama-Palmas/TO says:

    Boas pedaladas a todos em 2011 !

  2. Bruno Volpi says:

    Parabéns pela crônica, gostei muito.
    Feliz 2011 a todos!!!

  3. José Carlos SBC/SP says:

    PQP Fernando!! Tava empolgado hem!!!
    Feliz 2011 pra vc tambem..
    Vida longa e próspera e que a força esteja com você. (by um certo Vulcano e um tal mestre baixinho e verde, rsss)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s