Quem é o melhor ciclista de todos os tempos?

Viva a polêmica! Mas já adianto a minha opinião:

  1. Olhando resultados em geral, eu acho que Merckx é incomparável – e de muito longe. Algo como Pelé foi no futebol.
  2. Só que tem muita gente que dá um valor excepcional para o Tour de France e aí valoriza o Armstrong. Não é o meu caso. Eu curto o conjunto da obra.
  3. Tem também um exército de gente que valoriza o fato de Lance ter se recuperado do câncer e ter vencido tudo que venceu. Eu me incluo neste grupo, pois acho que a história de vida do cara espetacular.

Só que este post é dedicado para um outro super campeão que, na minha opinião, é muito pouco conhecido e, portanto, desvalorizado. Seu nome é Bernard Hinault, ele é francês, ganhou tudo e hoje faz o papel de Relações Públicas no final das estapas do Tour de France. É ele que sempre ajuda os ciclistas líderes a fecharem suas camisas (amarela, verde, etc.) e os apresenta para as autoridades locais.

Aliás, eu sempre achei estranho um super campeão como ele se prestar a um papel desse. Eu noto que tem muito ciclista ali no pódium que mal dá atenção para ele. Eu, se lá estivesse, ficaria de joelhos para tamanho deus do nosso esporte. Enfim…Mas o Bernard Hinault ciclista era um bicho de bravo! Ele foi um patron do pelotão e liderava mesmo. E nunca fugiu de uma briga de punhos cerrados com manifestantes e quem mais ousasse incomodá-lo.

Viram, não exagerei! Paris-Nice 1984 + Tour de France 20XY, sempre o mesmo sangue quente!

Mas vamos ao quadro que eu bolei, que só lista grandes campeões de Grand Tours – é por isso que Moser e Saronni, entre outros, não entram aqui. E que cada tire as suas conclusões – e comentem, por favor!

Adorei fazer este post – apesar do trabalho… – espero que gostem também.

Abraços + bom domingo + bom treino!

Fernando

PS: e quem pegar erro ou omissão, por favor grite!

About Fernando Blanco

Apaixonado por ciclismo há mais de 30 anos, começou a pedalar em 1977 em Santos, tendo corrido para valer até os 20 anos de idade, quando coisas 'banais' como faculdade, carreira executiva, casamentos e filhos atrapalharam um pouco...agora, como Senior B, está treinando forte e pretende compensar o tempo perdido. Como ciclista foi um bom sprinter, chegando à pré-convocação da Seleção Brasileiros de Juniores em 1979. Se a carreira como ciclista não foi grande coisa, a coleção de revistas locais e internacionais (mais de 1.000) e de videos/DVDs (mais de 100) proveram bastante cultura sobre o ciclismo profissional. Provas internacionais acompanhadas ao vivo: Mundial de Estrada ('07), Mundial de Pista ('89), Tour de France ('97 e '02), Liège-Bastogne-Liège e Flèche Wallone (ambas em '92), Paris-Nice ('97), Ronde van Belgie (´89).
This entry was posted in Corridas - Internacional, Cultura Ciclística, Opinião and tagged , . Bookmark the permalink.

10 Responses to Quem é o melhor ciclista de todos os tempos?

  1. Sômulo N Mafra says:

    Tb compartilho da opinião de que – depois de Merckx – Hinault foi o melhor da história. Claro que qq comparação do tipo pode ser um pouco ‘desleal’ haja vista que tanto Bartali quanto Coppi (o primeiro muito mais prejudicado q o segundo) sofreram com as consequencias da segunda grande guerra, que os privaram de vários títulos.

    De qq forma, o que entra pra história são os títulos; e Hinault tem VÁRIOS títulos, muito deles com ‘penache’ e muita raça.

    Abraços,
    Sômulo N Mafra

  2. vander says:

    muito trabalhoso mesmo.
    PArabéns

  3. Gustavo says:

    Bem, para mim não há dúvida: o melhor ciclista de todos os tempos (até o tempo de hoje…rs…) é o belga Eddy Merckx. Ganhou tudo. E participava de tudo que é corrida. Queria ver se o americano – Lance Armstrong – com toda a estrutura que tinha, com toda a tecnologia que utilizou, com toda a grana que tinha a seu dispor, acompanharia o tarado do belga. O americano só se preparava para uma prova, o Tour, onde teve realmente uma performance de tirar o chapéu. Enquanto isso o belga entrava em tudo que é prova. E ganhava tudo…

  4. Sômulo N Mafra says:

    É verdade… até o Lance concorda com vc, Gustavo.

    Em todas as oportunidades que eu vi o Lance se referindo a Merckx, ele só o tratava como “The Greatest”.

    • Pois é, amigos, esta praga de correr o ano todo só em função do Tour começou faz tempo…com Greg Lemond em 1986. Bem, o simpático americano também gostava do Campeonato Mundial (2 ouros, 2 pratas, salvo falha de memória), mas naqueles tempos este era disputado em agosto. Então, quem ia bem no Tour chegava embalado no Mundial. Isso mudou muito desde… 1997, eu acho. Indurain ganhou 5 Tours em seguida e pouca coisa mais. Armstrong pré-câncer prometia uma bela carreria em Clássicas, mas depois que sentiu o gostinho de vencer o Tour…foi só Tour. Tempos modernos…

      • José Carlos SBC/SP says:

        Fernando, concordo que o fato do Armstrong ter superado o cancer e depois ter vencido 7 TdF é louvavel, mas ainda acho que o Indurain foi um pouco melhor de ele.
        Armstrong teve 91 vitórias como Pro de 1992 a 2005 (7 Tour)
        Indurain teve 132 vitórias de 1984 a 1996 (5 Tour + 2 Giro)
        Sem falar que pelas belas histórias (By Maglia), o Indurain trabalhava mais em prol do time que o Armstrong, chegando a abrir mão de provas em favor de outro ciclista (vide mundial por ex.).

  5. Rogério Yokoyama-Palmas-TO says:

    Contra números e fatos, não o que argumentar : Merckx.

  6. Eduardo says:

    Parabéns pelo ranking e também pelo blog. Tua opinião e experiências tornam esse blog uma ótima leitura diária. Copiar blogs (Milano Fixed, Bike Rumor, etc…), discutir cor de fita e postar qq bobagem que achou na internet, qq um faz.
    Além das grandes voltas e das clássicas, eu tb dou valor para Olimpíada, Recorde da Hora e Mundial CR.

  7. Cerva-biker says:

    Acho que muitos brasileiros gostam do Lance devido a massificação e o acesso facilitado à cultura americana em detrimento da cultura europeia. Muitos brasileiros nunca viram uma prova do “Cannibal”, Indurain, Moser, ou Fausto Coppi (esse só conheço pelas histórias). Sem contar os ciclistas que quase sempre ficavam em segundo lugar ao disputar com o Cannibal (por ex: o italiano Felice Gimondi). O Armstrong teve muita raça, mas o fato de ser um ciclista de uma prova só o deixa bem atrás de corredores mais completos.

    Resumindo: Eddy Merckx é o melhor.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s