Pobre Lance Armstrong…

Primeiramente, este ‘pobre’ é em sentido figurado…o homem é rico, mas muito rico mesmo.

Segundo, este post é sobre alegações de doping de Lance e seus colegas (ou ‘comparsas’, como meio mundo se esforça em provar). Francamente, nem sei se isto vale um post, dado que toda semana, há anos, temos uma “novidade” e nenhuma “prova”…mas vamos em frente.

Desta vez quem levanta a lebre é a famosa revista americana Sports Illustrated, que, para mim, é mais famosa pela sua edição anual que vem recheada de modelos em trajes de banho do que por suas matérias esportivas.

Deu pra entender por que a revista vende bem?

 Enfim, entre uma gata semi-nua e outra eles resolveram se meter com o Lance. É mais “do mesmo”, i.e. alguém alega que Lance teve acesso a práticas médicas proibidas, que o ligaram ao dr. Ferrari (aquele…), que encontraram isso e aquilo na casa do Popovich, etc. A matéria está aqui.

A reação de Lance – enquanto se diverte (?) pelas estradas australianas, Lance foi perguntado sobre o assunto, se limitando a responder “I have nothing to say” (ou “Eu não tenho nada a dizer”).

Mas como jornalistas – de qualquer lugar do mundo! – não se contentam com este tipo de resposta, o bombardeio continuou até que Lance soltou o seguinte petardo:

“Dude, are you stupid? What part of I’m not commenting is not clear to you?” – nós não usamos este tipo de expressão em português, mas é muito legal em inglês quando você quer esculhambar alguém: “Cara, você é estupido? Qual parte de eu não vou comentar não ficou clara para você?”.

Agora, cá entre nós, gostando ou não do Lance ciclista, do Lance arrogante americano… deve encher o saco de Jó ter que ficar respondendo sobre doping dia-sim, dia-também.

Mas é o preço da fama. Não pensem que a imprensa era mole com Fausto Coppi, Eddy Merckx, Bernard Hinault et tal. Ganha-se muito pretígio e dinheiro, mas a conta do aborrecimento é sempre enviada para os grandes campeões a pagarem…

Abraços e até a próxima alegação de doping de Uncle Lance,

Fernando

About Fernando Blanco

Apaixonado por ciclismo há mais de 30 anos, começou a pedalar em 1977 em Santos, tendo corrido para valer até os 20 anos de idade, quando coisas 'banais' como faculdade, carreira executiva, casamentos e filhos atrapalharam um pouco...agora, como Senior B, está treinando forte e pretende compensar o tempo perdido. Como ciclista foi um bom sprinter, chegando à pré-convocação da Seleção Brasileiros de Juniores em 1979. Se a carreira como ciclista não foi grande coisa, a coleção de revistas locais e internacionais (mais de 1.000) e de videos/DVDs (mais de 100) proveram bastante cultura sobre o ciclismo profissional. Provas internacionais acompanhadas ao vivo: Mundial de Estrada ('07), Mundial de Pista ('89), Tour de France ('97 e '02), Liège-Bastogne-Liège e Flèche Wallone (ambas em '92), Paris-Nice ('97), Ronde van Belgie (´89).
This entry was posted in Notícias - Internacional and tagged , . Bookmark the permalink.

2 Responses to Pobre Lance Armstrong…

  1. Tiago Cardoso says:

    Go Lance!

  2. Rafael says:

    Tem gente que não percebe o óbvio: quanto mais inveja e perseguição, mais na lama se enterram!

    Livestrong!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s