Comemoração antecipada…vexame certo

Caros, por conta de uma ‘troca de figurinhas’ com o Juca, no Facebook, surgiu este post. Aliás, quem quiser me adicionar no Facebook é só convidar e eu aproveito para convidá-los a visitar a nossa comunidade Museu do Ciclismo, que trata da história do ciclismo brasileiro.

Comemorações antecipadas – acho que todo mundo já presenciou um sprinter que, certo de vencer a chegada, levantou as mãos antes da hora e…foi surpreendido por alguém que surgiu do nada. O perdedor fica com a maior ‘cara de bunda’ (desculpem-me o termo, mas não tem outro melhor). Pois foi isso que aconteceu na França esta semana e que gerou a minha conversa com o Juca.

Thomas Voeckler "arremessa" a bicicleta e bate seu infeliz compatriota...

 Aí o Juca relembrou o tremendo vexame que o grande Erik Zabel passou na Milano-Sanremo 2004, quando foi ultrapassado pelo rapidíssimo Oscar Freire. Esta foto, que circulou o mundo, mostra que Zabel notou a bobagem que estava fazendo antes de acabar a comemoração – o francês acima só foi perceber o erro vários metros depois…

Uma imagem que doer na alma do Zabel

Enfim, isto deve acontecer todo dia no mundo do ciclismo, seja numa corrida Pro Tour ou no campeonato juvenil de Madagascar. Mas o grande vexame da história das comemorações antecipadas teria que acontecer justamente com ele: Rei Merckx!

Sim, logo com ele que era tão ‘econômico’ em suas comemorações. Videos antigos mostram que o frio belga não era chegado a grandes emoções, diferentemente de seus rivais velocistas (como Maertens, por exemplo).

Eu procurei a foto, mas curiosamente só achei o selo comemorativo (bastante exótico, por sinal) – eu tenho a foto original numa revista da época, mas não tenho como escanear neste momento. Foi no Tour de France de 1972, numa etapa de montanha, quando o francês Cyrille Guimard, um dos bons ciclistas da época, ‘arremessou’ sua bicicleta e surpreendeu um Merckx particularmente alegre. Em terceiro chegava o belga escalador Lucien van Impe. 

O desenho reflete a foto à perfeição...Merckx de Camisa Amarela e cara idem...

Guimard – este francês foi um bom ciclista, tendo vencido muitas provas no Hexagono e várias etapas do Tour de France e Vuelta a España. Mas ele ficou famoso mesmo foi como diretor esportivo das célebres equipes Gitane e Renault-Elf Gitane. Ele capitaneou as vitórias de Lucien van Impe (76), Hinault (78, 79, 81 e 82) e Fignon (83 e 84) no Tour de France.

Abraços e divulguem os vexames que já viram ou já deram…depois comentarei os meus! Hahahaha

Fernando

About Fernando Blanco

Apaixonado por ciclismo há mais de 30 anos, começou a pedalar em 1977 em Santos, tendo corrido para valer até os 20 anos de idade, quando coisas 'banais' como faculdade, carreira executiva, casamentos e filhos atrapalharam um pouco...agora, como Senior B, está treinando forte e pretende compensar o tempo perdido. Como ciclista foi um bom sprinter, chegando à pré-convocação da Seleção Brasileiros de Juniores em 1979. Se a carreira como ciclista não foi grande coisa, a coleção de revistas locais e internacionais (mais de 1.000) e de videos/DVDs (mais de 100) proveram bastante cultura sobre o ciclismo profissional. Provas internacionais acompanhadas ao vivo: Mundial de Estrada ('07), Mundial de Pista ('89), Tour de France ('97 e '02), Liège-Bastogne-Liège e Flèche Wallone (ambas em '92), Paris-Nice ('97), Ronde van Belgie (´89).
This entry was posted in Cultura Ciclística and tagged , . Bookmark the permalink.

14 Responses to Comemoração antecipada…vexame certo

  1. Bruno Volpi says:

    Olha a carinha do Merckx no selo! rs

  2. Sômulo N Mafra says:

    Demais esse post!

    Jamais poderia imaginar tal feito ocorrendo com Merckx… como vc bem relatou… o Canibal não tinha essa de fazer presepada, não, rsss… sensacional esse selo!

    Ao ler o post, veio imediatamente na minha cabeça a derrota de Boonen pra Cavendish na Béligica (dentro de casa! Em frente aos fãs!):

    http://autobus.cyclingnews.com/photos/2008/apr08/scheldeprijs08/index.php?id=/photos/2008/apr08/scheldeprijs08/bettiniphoto_0026327_1_full

    Logo após a prova, Boonen deve ter lavado a alma após ver a queda de Cavendish na comemoração no pódio, ahahahha:

    Abraços,
    Sômulo N Mafra

  3. Sômulo N Mafra says:

    Muito bacana tb a lembrança sobre Guimard. Acho inclusive que ele merece um post mais detalhado… =0)

    LeMond cita, em um livro, uma frase dita pelo seu então técnico Guimard para ele na largada de uma prova, prova essa na qual LeMond estava bastante preocupado, e que mal conseguira dormir na véspera: “Great achievements came from restless nights” (grandes conquistas vieram de noites mal dormidas). Essa frase de apoio naquele momento foi fundamental para a sua posterior vitória.

  4. Adriano Martins says:

    Sobre essas comemorações antecipadas alguns anos atras na nossa tradicional Volta do Estado de SP, Uma equipe USA que não me recordo nome agora veio correr a Volta e na etapa mais longa da volta Atibaia/São Carlos aconteceu o insperado, o pelotão vindo para chegada o Americano ganharia a chegada, se não tivesse levantado o braço um pouco antes da linha , dai na época ainda em boa forma André Grisante jogando a bike em baixo dos braços do Americano ganhou a etapa por centimetros e uma foto no jornal do dia seguinte dava pra ver a cara que o Americano fico sem ganhar a etapa e apenas de braços abertos kkkkkk…
    Um grande abraço a todos do blog
    Adriano Martins
    Padaria Real/Ceu Azul Alimentos/Caloi/Sorocaba

  5. Leandro Bittar says:

    Ótimo post.
    Ano passado aconteceu outra dessa no Brasil, mas foi a vingança dos gringos. Os Patriques de São Caetano vinham escapados e poderiam dar a única vitória ao Brasil na prova e dividir o prêmio de 16 (10 + 6) mil reais. Mas, nos metros finais, os dois começaram a comemorar e não viram Aldo Ilesic se aproximar a passá-los em cima da linha. O verdadeiro anticlímax.

    O cara que comemora antes da hora e perde é quase tão bizarro quanto o que comemora a vitória no pelotão sem saber que a fuga já tinha completado a prova. O Arvesen fez isso uma vez, mas me fugiu a prova.

    • E um tal de Fernando Blanco fez a mesma coisa!!!!!!!!!!!! Hahahaha Uma vez ganhei um sprint do pelotão numa prova do Ranking Paulista (na época Categoria Novatos) e fiz um carnaval…como eu não andava nada o pessoal até entendeu a exuberância da minha comemoração…só que eu não sabia que tinha um grupo de escapados e, portanto, pensei ter vencido a corrida…ninguém curtiu com a minha cara, mas eu fiquei mauuusss!! Abraço!

  6. Leandro Bittar says:

    A vingança do gringo da Team Type 1 foi no Tour do Rio. Só pra complementar.

  7. Leandro Bittar says:

    Desculpe a sequência de posts e a confusão de resultados.
    Mas o que eu falei sobre comemorar depois da vitória da fuga está aqui e o nosso “herói” é de novo Tom Boonen
    http://autobus.cyclingnews.com/road/2007/mar07/parisnice07/?id=results/parisnice073

    • Caramba…só 12 segundos e com um retão destes…não deu pra ver? rsrs
      Outra observação cínica: então o Kolobnev ganhou uma corrida importante na vida?! rsrs Pobre russo, anda bem, se coloca bem….mas vence tão pouco…

  8. Silvestre says:

    Fernado cada vez q tiver q escrever algo voi pedir a vc vai escrever bem asim
    Parabens

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s