Grande domingo ciclístico: Boonen e Murilo Fischer

Caros – que delícia acordar cedinho num domingo de sol, dar uma pedalada saudável e acabar a manhã assistindo ao vivo a Ghent-Wevelgen, com a vitória do ciclista que você torce…no meu caso, como todos sabem, sou belga por adoção, 100% Quick Step e Tom Boonen.

PS: a parte da pedalada saudável eu pulei este fim de semana, depois de uma 6af dura atrás da moto do treinador, ok?…

Eu achei esta edição da Ghent Wevelgen muito legal.

Primeiro foi o quarteto escapado, que continha dois craques, Sylvain Chavanel (da Quick Step) e o jovem talento Peter Sagan (Liquigas). A fuga prometia e aguentou até o finzinho, quando foi alcançado por um pelotão sequioso por um sprint.

Obviamente a Garmin-Cèrvelo puxou muito, pois tinham Farrar como favorito. E a Radioshack também puxou forte – mas eu não entendi para quem…para os veteranos Robbie Hunter e Robbie McEwen? … tenha dó, deixa outro fazer força, porque as chances de vitória ou pódium eram pífias.

Aí Boonen, que faz tempo deixou de ser sprinter puro, venceu e convenceu e em cima de…sprinters puros como Farrar, Bennati e Greipel. A vitória foi mais especial  ainda pelo fato de Tom ter perdido quase 1 minuto por causa de um problema mecânico, no pé do Kemmerberg (primeira escalada), e ainda ter ser recuperado tão bem.

Booooooneeeeeen is back!!!!!!!!!!!!!

Ele também declarou que reconhece que Cancellara está muito bem, mas que sua forma está de volta, após ter ficado doente antes da Milano – San Remo. Os ciclistas europeus sofrem muito no inverno: não importa o quão frio este seja, tem que treinar e muito. Daí se resfriam muito e isso às vezes atrasa a preparação, especialmente se vem na hora errada.

Ah, e mais: Boonen disse que preferia ter corrido a E3 Vlaanderen ontem, por causo do terreno mais duro, mais parecido com o Tour de Flandres. No entanto, teve que correr Wevelgen por causa dos pontos do UCI WorldTour. No fundo, foi a melhor solução possível: primeiro porque evitou o pesadelo de perder do Fabian Cancellara uma semana antes do seu objetivo da temporada – sim, ele perderia ontem! – e isso pesa no emocional do sujeito. O segundo bom motivo foi porque a Quick Step marcou pontos muito importantes para manter-se na Liga maior do ciclismo pro.

Cavendish – o maior sprinter do mundo (no ano passado) caiu quando faltava algo como 30 km, mas ele já estava no fundo do pelotão. Diga-se de passagem, quem quer vencer uma Clássica tem que estar lá na frente (top 15) e não lá atrás (entre os 5 últimos de um grupo de 60).

Como toda regra tem sua exceção, um grande vencedor costumava fazer isso: o belga Peter van Petegem (1 Paris-Roubaix, 2 Tour de Flandres, 3 Het Volk). Dava até nervoso ver o pau comer nos ‘bergs’ e Mr. Van Petegem lá atrás, só olhando. Mas de repente o flamengo moreno aparecia lá na frente para vencer destacado em pequenos grupos.

Sabia tudo! Minutos depois venceria o Ronde e uma semana depois em Roubaix!

Aliás, Cavendish e Andre Greipel passaram o ano passado vencendo e se xingando pela imprensa. Greipel se mandou para a Omega Pharma-Lotto, prometendo grandes sprints contra o Manxman…mas até agora os dois decepcionaram.

Murilo Fischer – o nosso grande campeão foi muito bem hoje, ficando em segundo lugar na segunda etapa do importante e muito disputado Criterium International. Esta tradicional prova francesa já teve toda grande estrela vencendo por lá. Exemplos: Hinault, Zoetemelk, Fignon, Indurain, Kelly & Roche (juntos os irlandeses venceram 5 x), Jalabert e este ano (acabou hoje a corrida) Frank Schleck – que ótimo fim de semana para os Leopardos do Luxemburgo, não?!

Faltou pouco para gritarmos BRASIL-SIL-SIL...

Murilo foi batido por um alemão que demonstrou grande força física. A chegada foi num rampa dura e Simon Geschke, da Skil Shimano, veio na ponta com Murilo colado na sua roda. Apesar da ‘carona’ o brasileiro não teve como passar o alemão, que se autodeclarou um ciclista forte e explosivo, mas não um sprinter ou escalador. Estava no dia dele, provavelmente.

Curiosidade – o pai deste Simon, Jurgen Geschke, foi um dos grandes ciclista da antiga Alemanha Oriental. Ganhou medalhas em Mundiais e Olímpiadas, sempre no velódromo (Velocidade 200 m, Tandem, Km contra-relógio). Tal pai, tal filho, né?!

Papar Geschke é o que está por dentro

Que domingo legal. Acho que vou até fazer 1 horinha de rolo depois do almoço…

Abs, F.

About Fernando Blanco

Apaixonado por ciclismo há mais de 30 anos, começou a pedalar em 1977 em Santos, tendo corrido para valer até os 20 anos de idade, quando coisas 'banais' como faculdade, carreira executiva, casamentos e filhos atrapalharam um pouco...agora, como Senior B, está treinando forte e pretende compensar o tempo perdido. Como ciclista foi um bom sprinter, chegando à pré-convocação da Seleção Brasileiros de Juniores em 1979. Se a carreira como ciclista não foi grande coisa, a coleção de revistas locais e internacionais (mais de 1.000) e de videos/DVDs (mais de 100) proveram bastante cultura sobre o ciclismo profissional. Provas internacionais acompanhadas ao vivo: Mundial de Estrada ('07), Mundial de Pista ('89), Tour de France ('97 e '02), Liège-Bastogne-Liège e Flèche Wallone (ambas em '92), Paris-Nice ('97), Ronde van Belgie (´89).
This entry was posted in Corridas - Internacional and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

15 Responses to Grande domingo ciclístico: Boonen e Murilo Fischer

  1. Juca says:

    Criterium International…falando em alemão oriental, o highlander Jens Voight ganhou umas 300x essa prova… anda pra caramba esse chucrute! Essa prova é uma das poucos que teve continuidade durante a Segunda Guerra Mundial!

  2. Grande prova foi a Ghent,Boonen recuperado dos problemas de saude e fez um grande arremate fe prova.Parabens Murilo.

  3. ernesaks says:

    anotem esse nome
    já tá correndo bem faz tempo

  4. henrique says:

    Grandes posts publicados nos últimos dias. Tb sou apaixonado pelas classicas da primavera e fico feliz de ver algum blog brasileiro se ocupar con elas, principalmente tento um autor tão experiente no assunto. Isso me fez pensar numa sugestão pra fernando e demais leitores: cyclingtorrents.nl. La da pra baixar todas as classicas e ate provas muito menores para download. Os videos das provas belgas do ano passado tinham no minimo 3 horas, uma maravilha!

  5. Marcione Krai says:

    …muito bom ter um blog com essas notícias quentinhas das clássicas, força para o nosso Murilo que este ano está demais, abraços.

    • Valeu, Marciano, obrigado pelo incentivo! Abs!

      • Juca says:

        aliás esta na hora de atualizar essa Жича de blog! estou ocioso! kkkkk abs

      • Este troço em cirílico é você, tá legal?!?! kkakakaka
        Detalhe cuja utilidade é de uma importância sem igual: eu sempre achei que este alfabeto ‘facinho’ de se entender fosse exclusividade da Russia, Ucrânia e de outras repúblicas vizinhas que haviam sido anexadas pela URSS pós II Guerra. Pois não é que na relativamente distante Sérvia o cirílico também é língua oficial? Talvez fosse para poderem se comunicar sem que seus vizinhos intra-Yoguslavia entendessem.
        Detalhe mais relevante para a causa deste blog: a Sérvia é muito ruim de ciclismo. Aliás, apenas a minúscula Eslovênia tem ciclismo forte dentre as ex-nações dos Balcãs…
        Olha quanta coisa você me fez escrever, Juca!!! hahahahaha

  6. José Carlos SBC/SP says:

    Mais importante que escrever sobre ciclismo é escrever com a paixão que o FB passa. Imagino que ele ainda resume as histórias, rssss
    Que venha a primavera, gosto do Gilbert e Cancellara pelo estilo de ataques suicidas deles, o pelote deve ficar numa neura do c…… e do Boonem pelo estilo.
    abraço.

  7. Juca says:

    Pior que é mesmo! não saiu um sérvio bom de pedal! tenistas eles tem, mas ciclista… e do ladinho da Itália…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s