Boonen vence seu 2o Campeonato Belga

Caros, depois de vencer tudo nos ‘pavés’ (Roubaix, Flandres, Wevegen, E3 Harelbeke), Tom “Tomeke” Boonen leva o seu segundo título belga. O primeiro foi em 2009, ano em que também venceu a Paris-Roubaix e a semi-clássica em Kuurne.

Desta forma ele repete o sucesso que Phillipe Gilbert teve ano passado, que também havia vencido as três Clássicas (as das Ardenes) e o título belga.

Boonen rachou o pelotão, fugindo com outros 10, puxou com um condenado e rachou o grupo, indo para a ponta com outros 4. Continuou puxando forte demais. Os demais, incluindo o seu gregario, tinham dificuldades para acompanhá-lo.

Ele estava tão possuido que quando estava no grupo de 11 ciclistas teve um momento em que foi ao fundo do pelotão dar uma bronca no gregario cansado, que andava meio escondido. Faltando 15 km, já no grupo de 5, foi dar uma dura num pobre ciclista local (dessas equipes pequenas) que já não conseguia mais puxar.

E, apesar de ter trabalhado tanto, vencer o sprint foi uma mera formalidade. Mas ele deve um grande “Dank!” (obrigado em flamengo) para o segundo colocado, o forte e desconhecido Kristof Goddaert (AG2R). Este jovem de Sint Niklaas puxou tanto quanto Boonen, até o final, e foi o único que o acompanhou no sprint.

Não duvido que tenha rolado uma conversa do tipo: “Puxa aí, amigão, que se eu ganhar tu leva mil euros”. O fato é que todos querem mostrar serviço numa corrida dessas e pode até rolar um contrato para ele com a própria Omega Pharma Quick Step para o ano que vem.

Voltando ao Gilbert, que não venceu NENHUMA corrida este ano, ele até que tentou. Atacou nos 20 quilometros finais, abriu 10 seg do pelotão mas não ficou a menos de 20 seg do grupo de Boonen. Foi o tradicional “chiclete”, tomando vento sozinho, e acabou sendo alcançado pelos perseguidores. Que ano, hein, Gilbert!

Para mim foi uma grande emoção também: a corrida foi na pequena cidade de Geel, local onde eu assisti a minha primeira corrida profissional! Foi lá que aconteceu o prólogo da Volta da Bélgica de 1989, mas eu escrevi sobre isso outro dia. Impressionante também foi notar com aquela minúscula cidade cresceu neste 23 anos…

Agora o belga vai para o Tour de France com a moral nas alturas e vestindo o maillot tricolor de campeão nacional. Vai para vencer o Maillot Vert e, principalmente, atingir a forma da sua vida para ser CAMPEÃO OLÍMPICO. O circuito londrino é suficientemente duro para cansar ou eliminar os sprinters puros e Boonen é um velocista que aguenta sofrer. Seria demais ele vencer esta também.

Nenhum campeonato nacional deste ano se igualou ao belga. Eu assisti a prova via Sporza, tentando decifrar o “fofo” idioma flamengo…dureza, mas foi demais!

Abaixo, o que aconteceu em 2009! Bom domingo aí, galera, e que venha o Tour!!

Abs, F.

About Fernando Blanco

Apaixonado por ciclismo há mais de 30 anos, começou a pedalar em 1977 em Santos, tendo corrido para valer até os 20 anos de idade, quando coisas 'banais' como faculdade, carreira executiva, casamentos e filhos atrapalharam um pouco...agora, como Senior B, está treinando forte e pretende compensar o tempo perdido. Como ciclista foi um bom sprinter, chegando à pré-convocação da Seleção Brasileiros de Juniores em 1979. Se a carreira como ciclista não foi grande coisa, a coleção de revistas locais e internacionais (mais de 1.000) e de videos/DVDs (mais de 100) proveram bastante cultura sobre o ciclismo profissional. Provas internacionais acompanhadas ao vivo: Mundial de Estrada ('07), Mundial de Pista ('89), Tour de France ('97 e '02), Liège-Bastogne-Liège e Flèche Wallone (ambas em '92), Paris-Nice ('97), Ronde van Belgie (´89).
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

7 Responses to Boonen vence seu 2o Campeonato Belga

  1. Juca says:

    Gilbert é um pipoqueiro… ano passado ele ganhou um monte de coisas e esse ano nada! Por essas e outras que temos que admirar ciclistas que ganham em todos os anos! Vou torcer pro Bonnen ganhar o ouro em Londres!

  2. Luís Eduardo says:

    E se o Gilbert ganhar Mundial, Paris-Tours e Lombardia!? Salva o ano com classe!

  3. José Carlos SBC/SP says:

    Gilbert tem como caracteristica chegada com uma elevação no final. Cavendish especialista em sprint no plano sendo carregado no colo apenas para finalizar. Escalador não ganha no sprint e velocista não ganha em terreno acidentado. Gosto do Boonen porque ele é um velocista que sai em fuga, vence em sprint, vence nos paralelos, chega forte com final em subida. O cara é bom, torço para ele levar em londres como nunca (claro que só não torço por ele se o Murilo chegar em condições).
    Li em algum lugar que o Boonem não estaria no Tour para se preparar para Londres, é vero?

  4. Ah, Juca, que pipoqueira nada!! Você implica com o Wallon e ano passado ele mostrou que é craque demais. A má temporada 2012 é uma incógnita para mim – há uma dúzia de motivos para tal, mas não irei especular. E vale notar que o Gilbert não foi bom apenas ano passado, pois ela já tinha ganhado várias clássicas antes de 2011.
    E como comentou o Luiz Eduardo, o cara ainda tem Tour, J.O., Mundial (“a sa façon”) e as Clássicas de outono, i.e. ele ainda vai vencer coisa importante.
    Quanto aos comentário do JC, Boonen e Gilbert se completam à perfeição. É só ver o que fizeram em 2011 e 2012 respectivamente. A fórmula matemática é: Boonen + Gilbert = Merckx….só esse ganhava em todos os terrenos, sempre! E o JC tem muita razão: o Gilbert confia muito no sprint na subida e ataca pouco, enquanto o Boonen, mesmo sendo rápido, gosta de atacar e tem mais valor por isso. Já o Cav, assim como todos os sprinters, precisa do trem para ajudar (salvo McEwen e Freire).
    E após ler o comentário do JC eu fui atrás da informação e li no belga La Derniere Heure que ele NÃO vai mesmo correr o Tour…decepção total, surpresa total. Passar um mês participando de corridas de mentirinha e só treinando? Acho uma temeridade, vai perder o rítmo de prova, a concentração etc. Ele poderia muito bem correr a primeira semana do Tour “à bloc” e depois relaxar um pouco. Mas quem sou para dizer o que Boonen, que é cercado de feras como conselheiros, deve fazer kkkkk.

    • Davi Benati says:

      Fernando, só faria uma pequena correção na sua fórmula:
      Boonen + Gilbert + Indurain = Merckx… e olha que talvez dê pra acrescentar um Contador do lado direito da equação, rsrsrs!!!
      Grande abraço, o blog sempre fantástico, elogiar é até redundante!🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s