Peter Sagan, o novo…Roger de Vlaeminck?

Caros,

Este Tour de France 2012 começou de forma clássica, ou seja:

  • O grande rolador da sua geração vence o prólogo (Fabian Cancellara).
  • A primeira semana foi um festival para os sprinters, com três deles dividindo as glórias (3x Sagan, 2x Greipel e 1x Cavendish).
  • Também foi um festival de tombos, que vai atrapalhar a vida de Frank S. e outros semi-favoritos.

Mas o destaque mesmo deste Tour é o Eslovaco Peter Sagan, da Liquigas-Cannondale. Este cara é um craque, um absurdo de forte. E ele vence com uma insolência sem igual. Com apenas 22 anos, eu não consigo me lembrar a última vez que um garoto vence múltiplas etapas em sua primeira participação no Tour!

Aliás, a concorrência pelo Maillot Vert tende a ser a mais emocionante deste Tour, pois são quatro feras em sua busca: Sagan (líder atual), Greipel, Cavendish e Goss.

A breve (e rica) história de Peter Sagan

Primeiro, ele é nascido na jovem nação da Eslováquia, parte oriental da antiga Checoslováquia que deixou de existir em 1990, quando caiu o Muro de Berlin. Este pequeno país eslavo não tem qualquer tradição no ciclismo profissional e Sagan, a esta hora, deve ser herói nacional.

Foto: é logo ali…no meio da Europa.

Alguns dados que assombram:

  • Como JUNIOR: Campeão Mundial MTB, Vice no Mundial de Ciclo-cross, segundo na Paris-Roubaix.
  • Aos 20 anos de idade: 2 etapas + Classificação por Pontos da Paris-Nice;  2 etapas + Classificação por Pontos do Tour of California; 1 etapa do Tour de Romandie; 2o no duríssimo G.P. de Montreal.
  • Aos 21 anos: 3 etapas Vuelta a España; 2 etapas + Classificação Geral e por Pontos do Tour da Polônia; 1 etapa + Classificação por Pontos Tour of California; 2 etapas + Classificação por Pontos Tour de Suisse; 3 etapas + Classificação Geral e por Pontos do Giro di Sardegna.
Foto: Sagan surpreende o pelotão, os jornalistas e as donas de casa da Eslováquia na Paris-Nice 2010.

Ok, ok…o menino é um bom sprinter, suficientemente consistente para vencer a Classificação por Pontos de voltas menores. Não! Ele era apenas jovem demais. Olha o que fez este ano:

  • 3 etapas do Tour de France (até agora)
  • 3 etapas + Classificação por Pontos do Tour de Suisse
  • 5 etapas + Classificação por Pontos do Tour of California
  • 1 etapa da Tirreno-Adriatico

E eu chamo a atenção para a temporada de Clássicas do fenômeno eslovaco em 2012:

  • 4o Milano-San Remo
  • 2o Gent-Wevelgen
  • 5o Tour de Flandres
  • 3o Amstel Gold Race

Ou seja, Sagan mostrou que anda muito forte em Clássica longa e plana (San Remo), em pavés (Flandres e Wevelgen) e com subidas (Amstel). É um candidato a canibal como poucos na história.

Neste Tour ele venceu como sprinter puro (hoje) e como Gilbert numa Flèche Wallone. Peter Sangan parece ser um animal híbrido, que mistura as qualidades de Gilbert + Boonen + Cippolini (no exibicionismo!).

Foto: esta etapa foi desenhada para Gilbert e parecia a Flèche Wallone, mas deu Sagan.

Em fevereiro deste ano, a ótima revista inglesa ProCycling publicou uma longa matéria com  Sagan e eu tive a sorte de comprar esta revista. Foi ali que eu me atentei para o que se falava dele lá fora. Ok, eu me lembro bem das suas duas vitórias na Paris-Nice, em 2010, mas as suas demais vitórias não me impressionaram.

Foto: capa de revista Top aos 22 anos. Os ingleses acertaram em cheio!

Mas quando Phillipe Gilbert declarou, para a revista, que ele em forma só poderia ser batido por Peter Sagan, aí eu tomei atenção. Seus líderes, colegas e patrões na Liquigas o cobriram de elogios na matéria. Os italianos diziam que ele era um fuoriclasse. Imagino o que estão falando agora!

Por que Roger de Vlaeminck?

Porque o Cigano de Eeklo venceu os 5 Monumentos (San Remo, Flandres, Roubaix, Liège e Lombardia), além de 22 etapas do Giro e a Classificação por Pontos 3 vezes. E também começou cedo, pois aos 22 anos de idades venceu o Het Volk e foi Campeão Belga.

Como quase ninguém na história, De Vlaeminck era capaz de vencer em qualquer terreno (salvo na alta montanha, apesar de ter levado o Tour de Suisse de 1975). Suas 4 vitórias na Paris-Roubaix, recorde que só agora foi alcançado por Tom Boonen, marcaram a carreira de Roger, Le Gitan.

Foto: Milano-San Remo 1979, já veterano e ainda vencendo Clássicas…e no sprint!

De Vlaeminck teve adversários duríssimos em sua trajetória rumo ao sucesso. Foi Merckx e Hinault em todo tipo de corrida, a armada belga nas Clássicas, uma das melhores safras de italianos em todos os tempos (Gimondi, Moser, Saronni) etc. Peter Sagan não terá vida fácil também, pois se os ciclistas de Grand Tours não impressionam atualmente, as Clássicas tem grandes nomes em Boonen, Gilbert, Cancellara, sem falar nos sprinters como Cavendish, Greipel etc.

Foto: com Merckx e Maertens. Isso era concorrência…

Peter Sagan vai vencer o Tour de France um dia?

Aposto que em breve vão começar a especular sobre isso. Já o fizeram com Cancellara (e eu   dei risada, pois o suíço não tem biotipo para isso) e ano passado foi a vez de Gilbert (este não rola forte e, apesar de subir melhor que Cancellara, não é ciclista para alta montanha).

O jovem eslovaco mede 1m84cm e pesa 73 quilos (minha altura e 20 quilos a menos…). O grande Miguel Indurain era maior (1m88cm) e mais pesado (80 kg), mas rolava muito e se defendia pra lá de bem na alta montanha.

Aposto que Peter Sagan vencerá várias Clássicas nos próximas 3 temporadas e aos 25 anos, após emagrecer um pouco mais, atacará a Vuelta ou o Giro para testar suas pernas nas chegadas em altitude. Se demonstrar potencial de vitória, ele abandona as Clássicas e focará os Grand Tours, mais ou menos como fez o suíço Tony Rominger (3x Vueltas, 1x Giro e um segundo no Tour) na década de 90.

Se também for bem sucedido num Grand Tour terá passado o grande belga! Mas Peter Sagan ainda tem muita quilometragem pela frente.

Abraços e bon Tour pour tous!

Fernando

About Fernando Blanco

Apaixonado por ciclismo há mais de 30 anos, começou a pedalar em 1977 em Santos, tendo corrido para valer até os 20 anos de idade, quando coisas 'banais' como faculdade, carreira executiva, casamentos e filhos atrapalharam um pouco...agora, como Senior B, está treinando forte e pretende compensar o tempo perdido. Como ciclista foi um bom sprinter, chegando à pré-convocação da Seleção Brasileiros de Juniores em 1979. Se a carreira como ciclista não foi grande coisa, a coleção de revistas locais e internacionais (mais de 1.000) e de videos/DVDs (mais de 100) proveram bastante cultura sobre o ciclismo profissional. Provas internacionais acompanhadas ao vivo: Mundial de Estrada ('07), Mundial de Pista ('89), Tour de France ('97 e '02), Liège-Bastogne-Liège e Flèche Wallone (ambas em '92), Paris-Nice ('97), Ronde van Belgie (´89).
This entry was posted in Biografias, Corridas - Internacional. Bookmark the permalink.

6 Responses to Peter Sagan, o novo…Roger de Vlaeminck?

  1. José Carlos SBC/SP says:

    Acho que a Liquigas vai lapida-lo pras Grandes voltas, até lá vai ser uma pedra na sapatilha do Boonen, Cancellara, Gilbert, Cav, Greipel, entre outros, o cara ja mostrou que encara qualquer terreno.
    Abraço FB.

    • É por aí, JC…ganhar um Tour vale mais que 10 clássicas atualmente. Já foi diferente, mas hoje o Tour é um evento tão dominante que todas as equipes fazem o que for necessário para lá brilhar…abs!

  2. Luís Eduardo says:

    Acho que ele não fica na Liquigás. Qualidade, potencial e pontos UCI, vai sair como fez o Nibali.

  3. pensei nisso semana passada : ” mistura as qualidades de Gilbert + Boonen + Cippolini (no exibicionismo!).”

  4. Conrado says:

    Como diz o Innering, esse não é um SLOvack e sim um FASTvack. O garoto é um monstrinho, e acho que o futuro dele vai depender muito para onde for SE sair da Liquigas um dia. Se ficar acho que vira cabrito e passa a disputar os GTs, agora se for parar na equipe do Lafevere ai vai virar um classico mano 100%, e vai limpar as todas as clássicas. Não duvido que tente em um ano fazer uma coisa do tipo MEGA SUPER doublet, Paves-Ardennes, hehehehe.

    Enquanto ele continuar ganhando e dizendo que nenhuma vitória é fácil e com o bom humor que tem mostrado. O “Tourminator” vai com certeza ter minha torcida na maioria das corridas.

    Abracos
    Conrado

  5. José Carlos SBC/SP says:

    FB, volta p…..!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s